Português

Posto de saúde da CDFAM é inaugurado no Pici e homenageia professor que estudou a tuberculose

18 de setembro de 2020

Posto de Saúde Dr. Gilmário Mourão Teixeira é anexo à Coordenadoria de Desenvolvimento Familiar (CDFAM) da UFC (Foto: Ribamar Neto/UFC)

A população do bairro Planalto Pici, estimada em 12 mil pessoas, acaba de ganhar reforço em sua rede de atenção primária à saúde. A Prefeitura de Fortaleza, por meio de sua Secretaria Municipal de Saúde (SMS), e a Universidade Federal do Ceará inauguraram, na tarde dessa quarta-feira (16), o Posto de Saúde Dr. Gilmário Mourão Teixeira, anexo à Coordenadoria de Desenvolvimento Familiar (CDFAM).

A solenidade, realizada na nova unidade, foi presidida pelo prefeito Roberto Cláudio e contou com a presença da secretária municipal de Saúde, Joana Maciel; da secretária executiva da Regional III, Mara Jessyka Bulcão; do reitor da UFC, Prof. Cândido Albuquerque; do vice-reitor da UFC, Prof. Glauco Lôbo Filho; do ex-reitor da Instituição, Prof. Henry Campos; da pró-reitora de Extensão da UFC, Profª Elizabeth Daher; e do filho do médico nominalmente homenageado, Eduardo Teixeira. Prestigiaram ainda a inauguração outros membros da administração superior, como o pró-reitor de Planejamento e Administração, Prof. Almir Bittencourt; o pró-reitor de Relações Internacionais e Desenvolvimento Institucional, Prof. Augusto Albuquerque; e o pró-reitor-adjunto de Extensão, Prof. Rogério Mâsih; a pró-reitora-adjunta de Gestão de Pessoas, Telma Araújo; o coordenador da CDFAM, Prof. Bernardo Diniz; o diretor da Faculdade de Medicina, Prof. João Macêdo; a diretora da Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Profª Lidiany Azevedo Gerage; a ex-coordenadora da CDFAM, Profª Walda Viana Brígido; o superintendente de Infraestrutura e Gestão Ambiental, Everton Parente, e o superintendente-adjunto de Infraestrutura e Gestão Ambiental, Eduardo Palheta; entre outras autoridades da Universidade, servidores da Coordenadoria e da saúde municipal, conselheiros tutelares e população do bairro.

A unidade ofertará o mesmo leque de serviços que outras 115 unidades básicas de Fortaleza e terá 15 salas de atendimento (Foto: Ribamar Neto/UFC)

A Universidade doou o terreno, no qual a Prefeitura investiu R$ 179 mil na reforma da estrutura de uma antiga Casa de Parto. A unidade ofertará o mesmo leque de serviços que outras 115 unidades básicas de Fortaleza e terá 15 salas de atendimento – destinadas a vacinação, saúde bucal, práticas integrativas e complementares em saúde (PICS) e consultórios. O horário de funcionamento será das 7h às 19h, com atendimentos espontâneos e consultas programadas. Além dos serviços ofertados por docentes e estudantes da Faculdade de Medicina (FAMED) e da Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem (FFOE), o posto terá o apoio de quatro equipes da Estratégia Saúde da Família (ESF) e de duas equipes de saúde bucal.

Confira como foi a inauguração na matéria da UFCTV:

A população terá acesso no local a acompanhamento pré-natal, perinatal (pós-parto), de crianças e idosos, bem como aos programas específicos para pacientes hipertensos, diabéticos, com hanseníase, com tuberculose e soropositivos para HIV. Também estão disponíveis serviços ofertados pelo Sistema Único de Saúde (SUS), como vacinas, exames laboratoriais, medicamentos, testes rápidos para infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), verificação de pressão arterial e de glicemia, curativos e retirada de pontos de pequenos ferimentos etc.

O prefeito Roberto Cláudio saudou especialmente o vice-reitor, Prof. Glauco Lôbo, e o ex-reitor, Prof. Henry Campos, a quem disse dever grandes aprendizados na área de medicina. Parabenizou ainda o atual reitor, Prof. Cândido Albuquerque, pelo compromisso institucional demonstrado à frente da administração superior da Universidade. “Tenho uma relação de vida com a Universidade. Momentos como esse me religam com minhas raízes. E é com a UFC que entrego este equipamento hoje à comunidade do Parque Universitário e do Planalto Pici, que não só luta mas celebra as conquistas. O legado de vida do Dr. Gilmário é daqueles que ficam para a história, para além dos milhares de pacientes que ele diretamente salvou”, declarou o dirigente municipal.

O posto será também unidade de ensino, envolvendo estudantes de graduação e pós-graduação nas atividades (Foto: Ribamar Neto/UFC)

“A parceria Prefeitura-UFC, que possibilitou a entrega de mais este posto de saúde para a população de Fortaleza, é muito profícua, e foi muito feliz a lembrança do Prof. Gilmário Mourão Teixeira, que representa bem nosso propósito aqui, tanto pela vida acadêmica exemplar quanto por seu esforço e dedicação na assistência ao povo que precisa da saúde pública”, afirmou o Prof. Glauco Lôbo. Já Eduardo Teixeira, filho do Prof. Gilmário, agradeceu a homenagem dizendo que dar a devida importância aos legados que nos são oferecidos a todo instante pelos que passam por nossas instituições é contribuir para a preservação da memória e da história. “Agradeço, em nome da família, pela sensibilidade da Prefeitura de Fortaleza e da UFC. Imagino que sempre teremos pessoas que olharão para a placa na unidade e se perguntarão ‘quem foi Gilmário Mourão?'”, disse, com a voz embargada pela emoção.

A pró-reitora de Extensão, Elizabeth Daher, lembrou que a história da CDFAM remete ao início dos anos 1980, em um esforço multidisciplinar de docentes das Faculdades de Medicina e de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, juntamente com o antigo curso de Economia Doméstica, para levar o conhecimento da Universidade à comunidade no entorno do Campus do Pici Prof. Prisco Bezerra. Em 2018, foi iniciada uma aproximação com a Prefeitura de Fortaleza, oficializada em 2019 por meio de convênio – medida que fez com que a CDFAM passasse a contar com um quadro misto, formado por profissionais da UFC e da saúde municipal. “É uma unidade já tradicional em medicina da família, na atenção primária à saúde. Agora será reforçada como uma unidade de educação em saúde, articulando ensino, pesquisa e extensão”, resumiu.

Posto também conta com sala de atendimento voltada à saúde bucal (Foto: Ribamar Neto/UFC)

SOBRE O HOMENAGEADO – Natural de Jaguaribe (CE), o Prof. Gilmário Mourão Teixeira nasceu em 25 de dezembro de 1919 e graduou-se, em 1948, na Faculdade de Medicina da Universidade do Recife, atual Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Foi presidente do Centro Médico Cearense e da Federação Brasileira das Sociedades de Tuberculose, além de membro honorário da Academia Cearense de Medicina e de diversas sociedades médicas e organizações da área.

Acumulou larga experiência nas especialidades de pneumologia, doenças do aparelho respiratório, patologia e clínica da tuberculose, medicina torácica e radiologia pulmonar. Atuou como médico tisiologista concursado no Instituto de Aposentadoria e Pensões dos Comerciários, foi diretor do Sanatório de Maracanaú e da Campanha Nacional contra a Tuberculose, do Ministério da Saúde. Na UFC, foi professor titular de Patologia Geral, diretor do Curso de Especialização em Pneumologia, chefe do Departamento de Medicina Preventiva e membro do Conselho Universitário (CONSUNI). Chegou também à livre-docência em Tisiologia, na Faculdade de Medicina da UFPE. Faleceu, aos 100 anos, no último mês de maio.

Serviço:
Posto de Saúde Dr. Gilmário Mourão Teixeira
Coordenadoria de Desenvolvimento Familiar (CDFAM-UFC)
Endereço: Rua Pernambuco, 1674, Planalto Pici
Horário de atendimento: das 7h às 19h

Fonte: Gabinete do Reitor – e-mail: greitor@ufc.br